Subscribe:

Ads 468x60px

Pages

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Aquele da Situação Delicada.Lealdade Parte 2

Estava frio,acordei com um cobertor em meu rosto,o sofá estava meio torto no tapete e o sol fraco da pequena varanda fechada na sala me fez acordar,em um apartamento pequeno não deveria haver tanta luz,a televisão estava ligada e estava passando Big Fish e suas historias,abaixei o volume da TV e fui fazer um chá,quando havia algo ligado eu não me sentia tão sozinho.
Ignorei o som do velho moribundo falando e preparei um chá,arrumei a cama e me troquei,provavelmente estava atrasado e não queria ouvir Celiny em meu ouvido com sua respiração forte e seu olhar assassino que me fitava como se eu tivesse pegado o ultimo pedaço de torta,detestava pensar em trabalho,o problema de trabalhar não são as tarefas,são as pessoas com quem se convive.
Estacionei o meu New Bettle preto em uma vaga com um nome riscado,que provavelmente deveria ser o meu pelo apelido de "Babaca" que me colocaram na vaga,desci do carro e caminhei até o grande prédio,enquanto a chuva fina cortava meu rosto vi Robert andando como se estivesse uma perna de madeira quebrada,suas pastas estavam escorregando de seu braço direito,o que justificava por que andava engraçado.
- Me ajude aqui - Disse Robert atrapalhado.
-Por que tantas coisas? - Perguntei tentando me abaixar o mínimo possível para não me molhar em uma poça ao meu lado - Você trouxe as noticias da semana?
-É,pelo menos é o que vou ter que apresentar hoje.
-Não sabia que podia ler livros em rede nacional - Falei tentando tirar ele do sério.
-Obrigado - disse quando terminei de ajuda-lo a recolher os papeis caídos - Vou ter que me arrumar antes de me apresentar,a ultima vez que apresentei depois de ter pego um chuva fiquei resfriado..
-Então saia logo da frente e entre - Disse o empurrando para passar.
Ele virou os olhos para cima como de costume e saiu a caminho de sua sala,onde iria se aprontar para apresentar o jornal das 7;00.
Ao entrar em minha sala vi Burton conversando com meus alunos,ele me olhou com seus olhos ferozes e saiu,de minha sala como se estivesse desfilando,seu terno era diferente do ultimo que vi,não havia nada de formal,era apenas uma camisa e gravata com um sobretudo bege,ele parou em meio caminho e abriu a boca para falar algo,mais desistiu e prosseguiu para porta.Depois de sair sem rumo,decidiu ir para o lado esquerdo de fora da minha sala,como sabia que ele estava sem rumo? Não é comum ver alguém como ele ir para um corredor vazio e sem saída,ou estava tentando parecer ocupado ou era tolo demais.
-Deixe-me adivinhar - Falei tentando não parecer inseguro - Interrogatório sobre mim ? Ou estava falando do último episódio de Gossip Girl com vocês? Acredito mais na primeira opção.
-Não é nada -Disse Chase - Vamos continuar ao trabalho..
Depois de um longo dia de trabalho ao esperar Robert na porta de seu escritório vejo Burton conversando com Celiny,ao me ver ele sai com um olhar desconfiado.
- O que foi isso? - Perguntei a Celiny- O Que ele esta fazendo?
- Nada,ele apenas quer saber sobre você..- Falou entrando em sua sala e fingindo arrumar papéis.
-Como o que? As noticias que eu escrevo?
-É,como essas,quando você fala mal de alguém ou simplesmente fala demais a verdade - Ela disse agora aumentando o tom de voz.
- O Que ele quer? Me diga - Falei em tom de superioridade.
-Você não consegue ficar sem saber algo sobre você,deixe de ser narcisista James,não estávamos tentando te incriminar,você não consegue ser um adulto.-Disse Celiny que agora estava gritando.
-E você não consegue urinar em pé,mas não me vê te julgando por isso,sem contar que não estou preocupado com você falando de mim,estou preocupado com o que ele sabe...
Ela me encarou um pouco,percebi que estava chateada e que sabia que ele queria fazer algo de mal para mim,ela ajeitou a mesa e fez sinal para eu me retirar,saí da sala desanimado e fui ao escritório de Robert,abri a porta,ele estava arrumando as coisas para ir para casa.
-O Que tem? - Perguntei sentando em sua cadeira.
-Nada - Respondeu com seu sorriso sem graça.
-Eu te conheço desde a faculdade,você é o segundo melhor jornalista daqui e com um dos maiores salários,não tem que se preocupar com seus filhos que não tem e não tem que ficar mal humorado por algo que ainda não fiz,te conheço o bastante para saber que está inseguro - Afirmei na defensiva esperando que ele desistisse.
- Burton - Ele falou e meu sorriso falso se desfez,meu olhos abriram mais do que o normal - Me interrogou sobre você,queria saber tudo sobre suas entrevistas e as vezes que mentiu para esse jornal,você é leal demais para o jornal e é meu melhor amigo,não falei nada,ele saiu com raiva..
-Quando isso? - Perguntei preocupado.
-Hoje de manhã,Por que?
-Nada,vamos jantar,estou com fome.- Falei mudando de assunto para ele não perceber meu nervosismo.
-Antes tenho que retirar dinheiro,já sei que a conta vai ser minha mesmo.-Ele disse em um suspiro.
Fomos até o caixa mais próximo,estava anoitecendo,ele entrou,vi ele bater algumas vezes na maquina,começou a chover,entrei no banco.Ele olhou para mim e disse:
-Bloquearam minha conta..-Falou com seu olhar de cachorrinho sem entender.
-Droga - Falei - Isso significa...
- Que o jantar vai ser por sua conta - Falou me dando um tapinha nos ombros amigavelmente,e saiu na frente - Até quando vou me sacrificar por você James..
Olhei minha carteira com algumas notas,me virei e então saí em meio a chuva com Robert me encarando inseguro.

2 comentários:

Whatsername disse...

muito bom! Ansiosa para a próxima parte, estarei aguardando novos posts. - não demore muito haha
beijos

Anônimo disse...

af felipe, para d escrever assim, é mt foda, e propositalmente havera comentarios, ecom isso, seu ego se infla mais, então....esqueci o q ia dizer, bom... //NAT CALEGARI